“Servir e Proteger” – Uma crítica à polícia*

7 comentários sobre ““Servir e Proteger” – Uma crítica à polícia*”

  1. Se pesquisarmos o subscritor, com certeza encontraremos antecedentes criminais. Quem não gosta da polícia é porque vive fazendo coisas ilícitas, é um lixo. Os policiais arriscam suas vidas diariamente para dar segurança para idiotas como você. Um policial é pautado por retidão moral e íntegra. Não faz a menor ideia de quantos já perderam suas valiosas vidas para manter a sociedade em que um ser insignificante e egoísta como você vive. Lamentável essa porcaria de artigo.

  2. Idiota ou mal intencionado, países desenvolvidos com IDH altissimo tem polícia, sem polícia a máscara da civilidade cai por terra, as populações de ESPÍRITO SANTO e RIO GRANDE DO NORTE, só pra citar os mais recentes, já sentiram na pele os efeitos de greve das policias, homicidios e arrastões triplicaram, saques a comércios se tornaram uma constante, por gentileza quando for escrever algo novamente, o faça em um assunto que domine, se não dominar fique em silêncio, dando-nos o benefício da dúvida sobre sua ignorância, pois, se escrever dissipará nossas dúvidas.

    1. Oi Carlos.
      É óbvio que em uma sociedade com tanta desigualdade, onde a paz é forçada a ponta de bala, onde pessoas são tratadas como lixo, quando a polícia some a violência emerge em altos índices.

      Publicamos um outro texto que tratou exclusivamente da greve da polícia no Espírito Santo. Já leste? Lê ali e diz o que achas.

      https://fagulha.org/artigos/vida-sem-policia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *